O que há de errado com a cara do Jon Snow?

Muito se especula sobre a célebre série Game of Thrones (GoT) e sobre o fim que será dado a Jon Snow, o bastardo de Winterfell. Esta personagem apaixonante, a quem Kit Harrington dá vida, é um verdadeiro sex symbol e não há alma viva que não saiba quem é o bastardo desde abril de 2011.

Curiosos acerca da hipnose que o Jon Snow lança sobre os fãs da série, o Le Charmeur decidiu analisar e avaliar o seu rosto, para descobrir o que há de errado com a fisionomia do ator. Aqui ficam as conclusões a que chegamos:

Se bem se recordam do post sobre Como escolher o Corte de Cabelo Perfeito, o tipo de rosto oval é o único que não necessita de ser corrigido – não tem assimetrias.

Como podem comprovar nas imagens apresentadas abaixo, o tipo de rosto de Kit Harrington é, sem sombra de dúvidas, redondo.

Se o rosto do Jon Snow é redondo, como é que ele consegue ser tão bem-parecido?

Muito fácil, aplicando todas as técnicas necessárias para parecer perfeito. E ser perfeito é criar a ilusão nos outros que o seu tipo de rosto é oval.

Se bem reparam, quando prende o cabelo, deixa-o ligeiramente mais alto na zona da testa, em vez de o pentear totalmente colado à cabeça. Este truque começa logo por criar a sensação de que o seu rosto é mais longo. Para além disso, nem mesmo o tipo de barba escolhido pelo bastardo é random! Notem que usa sempre a barba mais aparada nas laterais e mais pronunciada no queixo. Mais uma vez, a escolha gera sensação de profundidade. Esta opção aliada ao penteado e à genética dão origem a um aspeto irrepreensível.

Concluindo, como é que um gentleman tão bem-apessoado e inteligente, ao ponto de conseguir corrigir o seu aspeto físico, não entende que existem bases e corretores no mercado capazes de disfarçar ao milímetro aquelas cicatrizes?! Isso é o que há de errado com a cara do Jon Snow! Está visto que viver em Westeros deixa marcas. 😉

 

“Que produto é este?!”

Recentemente desloquei-me a Aveiro para participar de um evento de formação. Lá obriguei o Márcio a acompanhar-me e a sentar-se na fila da frente, porque conseguiríamos ver mais de perto, alguns dos produtos expostos 😁. Como não éramos os únicos curiosos, o lugar ao meu lado direito foi ocupado rapidamente por um cavalheiro, com quem comecei a debater algumas das características dos produtos. De repente, sou interrompida pelo senhor, que com toda a admiração e surpresa me coloca a seguinte pergunta: “Que produto é este?!”. Depois de lançarmos alguns nomes para tentarmos perceber de qual dos produtos falava, apercebemo-nos que estava a referir-se, literalmente, à mulher (muito bem-parecida) que acabava de entrar na sala. OMG, end of story! -.-“

Esta “confusão” de produtos, embora propositada, fez click no meu cérebro para vos deixar algumas dicas organizadas por zonas:

Continuar a ler

Charme para Altos Executivos e Empresários

business-suit-690048_1280

“Sabiamente me ensinou o meu pai que a classe do homem se mede pelo estado dos sapatos”. Esta afirmação, que podes encontrar na secção Blogger, é uma das primeiras memórias de male grooming que tenho. Seguramente que, independentemente da tua profissão ou estilo, este factor assume um papel fulcral na forma como os outros te vêem. Coloca o James Bond dentro do fato mais caro do mundo e calça-lhe uns sapatos sujos e mal cuidados. Continuaria a ser o James Bond? Agora imagina que estás na linha da frente todos os dias…

Se és empresário ou alto executivo, utilizador massivo do clássico que combinas diariamente com a tua requintada personalidade, deves ter em atenção não só este detalhe, mas tantos outros dignos de sublinhar. Harmoniza o teu discurso com a tua imagem e os resultados serão fabulosos.

Aqui vão algumas sugestões:

Continuar a ler

Dicas para praticantes de desportos radicais

snowboarder

Talvez não possa apelidar de desporto radical entrar numa montanha-russa (seguramente a coisa mais extrema que experimentei até aos dias de hoje. Isso e conduzir uma bicicleta sem travões a alta velocidade!), mas que a adrenalina está lá é indiscutível. A adrenalina, o medo e a sensação de liberdade. Todo um mix de sentimentos incríveis. No entanto, para aqueles que gostam de encher a alma com estas sensações recorrentemente, seja no motociclismo, no snowboard ou na asa delta, convém concordar que andar um passo à frente do comum dos mortais exige não só o uso incondicional de capacete, mas também um cuidado redobrado com o cabelo e a pele. Porquê? Óbvio: ficas exposto a temperaturas extremamente altas ou baixas, substancias menos apelativas e a velocidades vertiginosas.

De seguida, ficam algumas dicas para sobreviver com charme a toda esta atribulação:

Continuar a ler