Começa, agora!

 

“Most people have no idea of the giant capacity we can immediately command when we focus all of our resources on mastering a single area of our lives.” Tony Robbins

Agora, mais do que nunca, vivemos num mundo distraído. Ao gastarmos a maior parte da nossa energia naquilo que nos obrigam a priorizar, torna-se ainda mais difícil concentrarmo-nos no que realmente importa.

Para uma pessoa com dificuldades em focar-se, o desfecho geralmente passa por não conseguir alcançar os objetivos a que se propôs, ou demorar o dobro do tempo a lá chegar. Coisas e pessoas distraem-nos. Procrastinamos. Há muito ruído e, portanto, cabe-nos a nós filtrar e simplificar.

Fazer as coisas por nós é, ou deveria ser, grande parte da nossa motivação. Temos que ter capacidade de dizer “sim” àquilo que realmente nos acorda o espírito. Sermos capazes de ouvir o coração quando nos diz “eu tenho que” e ignorar o cérebro que muitas vezes nos diz “eu não posso” ou “eu não consigo”.

Objetivos curtos, mas fortes são a solução. Todos os dias, sem falhar, reservar tempo só e apenas para o que realmente nos interessa, para os nossos objetivos. E esta máxima, podemos aplicar em qualquer área da nossa vida, trabalho, relações ou desporto.

Manter uma visão clara do que se quer; valorizar o tempo e distribuir o mesmo de forma inteligente e astuta; organizar com antecedência; concentrar-se em menos, dar prioridade ao que realmente se deseja; continuar no caminho – deslizes e obstáculos todos os têm, a forma como lidamos com eles é que define o progresso; assumir compromissos, deixar que os outros trabalhem connosco e nos ajudem; começar, agora!

João Lopes.