DIFERENÇAS ENTRE A PELE MASCULINA E FEMININA

Depois de ter aproveitado as férias para desgastar toda a cartilagem existente no meu joelho esquerdo (exagero feminino que não deixa de ser real), lá tive que fazer uma visita ao fisioterapeuta. O que fazer durante 30 minutos de espera quando já não temos dados no telemóvel? Que tal experimentar a magia das revistas fora de prazo dos halls de entrada? Na altura fez algum sentido na minha cabeça e digamos que, desta vez, por mais estranho que possa parecer, consegui tirar algum proveito/inspiração da dita cuja. Bastou que me fixasse numa publicidade de página inteira a um creme hidratante…. Vejam lá que me lembrei que nunca vos tinha esclarecido das diferenças entre a pele masculina e a pele feminina!! 

Será que este blog fez sentido até ao dia de hoje?? 😱 

Agora que já dei conta da falha e que estou disposta a corrigi-la, para que continuem a seguir o Le Charmeur, aqui ficam, as principais diferenças entre a pele dos homens e das mulheres:

 

Mais espessura

Calma, suas mentes perversas, estamos a falar de pele! A ciência diz-nos que a pele do homem é 15% mais espessa que a pele da mulher, tornando-a mais resistente aos fatores externos, como sendo o frio, o sol, a poluição, entre outros. Ponto a favor

 

Envelhecimento tardio

A pele masculina é indiscutivelmente mais firme que a do sexo feminino, pelo menos até aos 30 anos. Se já chegaram aos 30 relaxem, entre os 40 e os 50 anos a firmeza estabiliza.

Por outro lado, apesar de o envelhecimento chegar mais tarde, quando chega é mais acentuado – principalmente nas peles tendencialmente oleosas. Inclusivamente há estudos que demonstram que quando comparada a pele de dois indivíduos com a mesma idade (um homem e uma mulher), as rugas são mais pronunciadas no rosto masculino. Ponto a favor ou contra

 

Mais sebo

Se quiserem culpar algo ou alguém pelo facto de os homens terem uma pele mais gordurosa que as mulheres, culpem a testosterona. Ela é quem faz as glândulas sebáceas trabalharem com mais afinco a partir do momento em que entram na puberdade. A má notícia é que elas ficam super ativas até aos 45-55 anos e acabam por ser também responsáveis por muitas das imperfeições da pele. Ponto contra 

 

Mais suor

Resumidamente, os meninos transpiram mais das axilas e as meninas das mãos e dos pés. 😜

Os meninos transpiram com mais facilidade, uma vez que o corpo dá início ao processo a temperaturas menos elevadas e o suor masculino é também mais ácido (dá para sentir no ginásio!). Ponto contra, menos para quem prefere o suor das axilas ao chulé. 😂 

 

Mais pelo

É um facto que a evolução do homem é mais próxima do macaco do que a da mulher. Contudo, mais uma vez, a culpa é das hormonas (e ainda dizem que as mulheres é que são complicadas!).

Na minha modesta opinião, podemos considerar um ponto a favor, porque para além de terem a pele do rosto mais protegida (na teoria), também não se sentem na obrigação moral de fazer a depilação (homicidem o senhor que inventou isto por favor!).

 

Para além destas diferenças, algumas mais acentuadas que outras, existem alguns fatores externos que acabam por influenciar o comportamento da pele, dependendo do sexo:

 

Climáticos – a aplicação de maquilhagem ou os cuidados diários da pele (hidratação ou proteção solar) mais populares entre o sexo feminino, acabam por exercer uma ação protetora. Neste caso, embora a pele masculina seja mais espessa, está claramente mais fragilizada.

 

Comportamentais – a falta de sono, a fadiga, a utilização das novas tecnologias em demasia, o tabaco, o álcool ou a má alimentação, são alguns dos fatores que influenciam principalmente a zona dos olhos, onde a pele é mais sensível e mais fina. Resultado à primeira vista → papos e olheiras. Claro que as mulheres também têm este tipo de comportamento, mas quando se fala em aplicar um corretor e uma base para disfarçar não resmungam. 😜

 

Barbear: este ato repetido acaba por prejudicar a pele, danificando quase que diariamente a epiderme. A pele fica assim mais exposta e sem resposta imediata para a proteção.

 

Para terminar, e independentemente das diferenças citadas, concluo que ser homem continua a ser mais fácil. E sim, agora já podem continuar a seguir o blog. 😄

Paula Sampaio Duarte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *