Para lá dos boxers

no-access-71600_960_720

Lembras-te do quão viril te sentiste quando descobriste o primeiro pentelho na região sul? Na realidade, para alguns homens, este processo intensificou-se de tal forma que se descontrolou massivamente!

Pensar em lâminas perto da zona mais sensível do teu corpo pode ser aterrador, mas se nunca prestaste a devida atenção ao teu bem mais precioso, está na hora de o fazeres. Sem dúvida alguma, haverá sempre alguém que beneficiará indiretamente desta tua nova dedicação, mas acima de tudo, és tu quem sairá favorecido, seja por questões de higiene (controlo do odor), estéticas ou sexuais (aumento da sensibilidade).

A primeira coisa a fazer, antes de decidires avançar, é consultar as partes interessadas, para evitar reações negativas. Conseguindo o aval da tua parceira ou parceiro, está na hora de decidir se vais usar uma máquina de barbear elétrica ou tradicional. Embora a maior parte dos homens prefira a elétrica por questões de segurança, o uso da máquina tradicional traz sem dúvida mais suavidade, evitando desconforto (arranhões) na intimidade. A questão aqui é: quão firme é a tua mão? 😎 

O mais aconselhado é partires para a prática no pós-banho, que a ser com água quente vai amolecer o pêlo e prepará-lo para o corte. No entanto, salpicar a região com água fria antes de abrir as hostilidades vai ajudar a endurecer a pele, deixando-a mais resistente. De seguida, trata de encurtar o pêlo com um aparador elétrico ou mesmo com uma tesoura, evitando assim puxões (sofrimento escusado). Tal como quando te barbeias, vais precisar de utilizar um gel, preferencialmente translúcido, para que consigas ver exatamente o que estás a fazer, já que estás a manipular uma zona demasiado sensível. O Gel de Barbear da HYMM™ é perfeito para o efeito, dado que para além da transparência também amacia o pêlo. Com uma máquina de barbear nova, de alta qualidade e segura  corta delicadamente, sempre no sentido do pêlo. Um espelho pequeno pode ser um bom aliado na concretização desta tarefa, principalmente para conseguir visualizar os cantos mais recônditos. Sugiro também que vás usando um toalhete para limpar a zona depilada, assim conseguirás apreciar a tua obra de arte. No final, a aplicação de um bálsamo é obrigatória, para hidratar e acalmar a pele, que indubitavelmente ficará vermelha e irritada durante um ou dois dias.

Depilar as partes baixas exige compromisso da tua parte, principalmente no pós-depilatório. Eventualmente o pêlo vai querer voltar a crescer, provocando comichão, desconforto e até pequenas infeções. Para evitar qualquer uma destas situações e ficares com os testículos mais suaves à face da Terra, usa um esfoliante com esferas pequenas duas vezes por semana. Ficará soberbo!

Para os mais corajosos, findo o trabalho, podem remover-se os resistentes com uma pinça. Claro está que, falo dos pêlos alojados em sítios que a máquina não consegue alcançar.

Love isn’t just a feeling. It’s shaving your balls.

Paula Sampaio Duarte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *